#15 Tentação



Parece que Jesus mal consegue trocar de roupa após ser batizado por João Batista no Jordão e literalmente Satanás aparece e lhe desafia. Mateus, capítulo três, termina com Deus falando com Jesus, e o capítulo quatro começa com Satanás falando com Jesus. Que contraste incrível!

Em Mateus, três, no batismo nas águas, Deus disse: “Este é o Meu filho amado”, e penso que, antes que Jesus pudesse digerir e processar essas palavras, aparece Satanás. Depois de jejuar 40 dias e 40 noites, Ele ficou com fome e o tentador veio e Lhe disse: “se você é o filho de Deus…”. Pense nessas palavras. Deus falou audivelmente do céu: “Você é Meu filho”, e agora o inimigo está dizendo: “se você é filho…”. Satanás está questionando o que Deus já disse. Isso não é novo. É apenas Satanás disparando a mesma estratégia que ele sempre teve desde o início dos tempos. O diabo fez a mesma coisa no jardim do Éden com Adão e Eva. As primeiras palavras registradas do diabo no planeta Terra estão em Gênesis, capítulo três, e é uma pergunta — como ocorre em Mateus, capítulo quatro —, mas não é uma pergunta qualquer. Os ataques do diabo em Genesis e em Mateus nos ensinam muitos detalhes acerca do nosso inimigo.

Às vezes, os ataques de Satanás são a confirmação de que você ouviu a voz de Deus e está no caminho certo. Tão clara quanto a voz de Deus é para Jesus, a voz de Satanás chega rápida e clara. C. S. Lewis disse certa vez: “O inimigo não verá você desaparecer no caminho e na companhia de Deus sem ele fazer um esforço para recuperá-lo para si”.

Não há terreno neutro no universo. A cada centímetro quadrado, a cada fração de segundo as coisas espirituais estão envolvidas — espirituais, divinas, lutando contra as hostes do mal!

Ouça o que C. S. Lewis disse: “se você não viu Satanás lutar contra você recentemente, provavelmente é porque você está seguindo o caminho dele”. Sabemos que Jesus não estava seguindo o caminho de Satanás, e é por isso que agora Ele é alvo do inimigo. Ninguém está livre de ser alvo do inimigo!


Todos estão na lista de Satanás. Por que Satanás vem atrás de você? Por que Satanás começa a ir atrás de Jesus em Mateus quatro? Não é porque você é ruim, mas porque você é valioso. Por exemplo: se você é um ladrão, você não invade casas que estão abandonadas. Você invade lugares onde você sabe que tem coisas valiosas. Assim acontece conosco.

Escute isso: alguns anos atrás teve um leilão em Nova York, e três coisas naquele leilão chamaram a atenção. Uma delas era a escova de dentes de Napoleão, vendida por US$ 48.000,00. Depois, as pérolas falsas de Jackie Kennedy, vendidas por US$ 256.000,00. Por fim, tacos de golfe de madeira de John Kennedy, por US$ 750.000,00.


Agora, os valores são absurdos, sim, mas não chegaram a esse montante por causa da escova de dentes, nem pelas pérolas falsas. O importante era a quem pertenciam aquelas coisas. Entenda isso: não é que aquelas coisas fossem valiosas, mas a pessoa a quem elas pertenceram é que as tornou valiosas.

No dia em que você nasceu de novo, seu valor disparou. Você passou de uma propriedade abandonada para pertencer ao criador do universo. Agora que sou valioso, sou um alvo. Foi o que aconteceu com Jesus.


Martinho Lutero dizia que existem três coisas que moldam uma pessoa, e assim nos preparamos para o futuro. A primeira é a leitura da Palavra. A segunda é a oração e o momento a sós com Deus. E a terceira é a tentação. E como isso é verdade!